CUIABÁ

MT

Curso capacita médicos para determinação de morte encefálica

Publicado em

MT

A Secretaria de Estado da Saúde (SES-MT), por meio da Central Estadual de Transplante, participou, neste sábado (21.05), em Cuiabá, do Curso de Determinação de Morte Encefálica, promovido pela Associação de Medicina Intensiva Brasileira (Amib), em parceria com o Ministério da Saúde e a Organização Panamericana de Saúde (Opas). Foram capacitados 16 médicos, sendo 12 de Mato Grosso e quatro de Mato Grosso do Sul.

A SES-MT foi responsável pela seleção e inscrição dos médicos, além de intermediar a capacitação no Estado. “Este curso é referência nacional e muito importante para a saúde do Estado, pois contribuirá para o aprimoramento dos profissionais, na constatação e notificações de morte encefálica. Ficamos agradecidos pela capacitação e parabenizamos a Amib por fortalecer, há mais de 30 anos, os profissionais da saúde, que se interessam pela terapia intensiva e pelo atendimento a pacientes graves ou de alto risco”, diz a secretária adjunta de Regulação, Fabiana Bardi..

O curso, ministrado no Paiaguás Palace Hotel, de 8 às 17hs, reuniu médicos intensivistas, neurologistas e outros atuantes em unidades de terapia intensiva. À frente da capacitação, esteve o neurologista, pós-graduado em neurointensivismo, Gerson Costa, que atua em Joinvile,  Santa Catarina, e possui titulação em Terapia Intensiva pela Amib. 

Leia Também:  Primeira etapa do programa estadual mostra bom desempenho de produtores de Colíder

Também ministrou aula, o coordenador da UTI Neurológica do Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo, Salomão Rojas, médico intensivista, mestre e doutor na temática. “Este curso é importante para aumentar o número de pessoas treinadas, para poder difundir o diagnóstico de morte encefálica. É necessário que todos se envolvam na missão”, acredita o doutor Salomão.  

Para a Superintendente de Regulação dos Serviços de Saúde da SES, Dúbia Campos, a capacitação vai colaborar para melhorar os dados de transplante no Estado. “Com profissionais capacitados, a notificação de morte encefálica é mais ágil e de acordo com os protocolos. Dessa forma, o transplante de órgãos tem maior probabilidade de ocorrer e de beneficiar os pacientes, que aguardam na fila”, ressalta Dúbia. 

A coordenadora Estadual de Transplantes, Daniely Beatrice, explica que, por meio da notificação dos casos de morte encefálica, é possível identificar os potenciais doadores de órgãos e tecidos. “O objetivo é implementar e otimizar os trabalhos considerando a Resolução 2173/2017, do Conselho Federal de Medicina, estabelecendo que os procedimentos para a determinação da morte encefálica devem ser iniciados em todos os pacientes que apresentem coma não perceptivo, ausência de reatividade supraespinhal e apneia persistente”, conclui a coordenadora. 

Leia Também:  Sema investe em tecnologia para monitorar qualidade da água em Sinop e Tangará da Serra
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MT

“Esse é um governo que realmente cumpre o que fala; trabalhamos com a confiança de que as coisas vão acontecer”, afirma prefeito

Publicados

em

O Governo de Mato Grosso inaugurou nesta segunda-feira (27.06) 91,13 quilômetros de asfalto novo na MT-140, ligando os municípios de Campo Verde, Nova Brasilândia e Planalto da Serra. Durante a visita à região, o governador Mauro Mendes também inaugurou três pontes, asfalto novo e revitalização na MT-244 e anunciou investimentos de R$ 9,9 milhões para Nova Brasilândia.

Foram asfaltados três trechos da MT-140. Um de 9,97 km na Serra de Nova Brasilândia, outro de 28 km entre Campo Verde e Nova Brasilândia e um de 53,16 km até Planalto da Serra. Com isso, os municípios de Nova Brasilândia e Planalto da Serra passam a ter uma ligação direta por asfalto ao restante da malha rodoviária estadual.

Para o governador Mauro Mendes, esse é um momento histórico na logística e no desenvolvimento de Mato Grosso. “Uma enorme satisfação, enquanto cidadão mato-grossense, ver tanta coisa boa acontecendo no nosso Estado. Nada disso aconteceria se cada trabalhador não fizesse a sua parte”, afirmou.

Duas pontes de concreto também foram inauguradas na MT-140, sobre o Ribeirão dos Cavalos e o Rio Finca Faca, ambas com 92 metros de extensão. Essas pontes e o asfalto inaugurado, representam um investimento de R$ 135,6 milhões na rodovia.

“O que acontece aqui nos dá muito orgulho. Imagino essa região há 40 anos atrás, quanta dificuldade não se passou nessa estrada. Mas hoje, graças a Deus, o progresso chega aqui e em todos os cantos de Mato Grosso”, completou o governador.

O prefeito de Planalto da Serra, Natal de Assis, lembrou outros investimentos realizados na cidade, como o que vai garantir que todas as ruas da cidade sejam recuperadas e sinalizadas. “Esse é um governo que realmente cumpre o que fala. Trabalhamos com a confiança de que as coisas vão acontecer. Se eu falasse a metade do que eu gostaria de falar aqui, eu iria ficar duas horas falando. A palavra maior hoje é agradecimento”, afirmou.

Leia Também:  Biblioteca Estevão de Mendonça oferta oficina de Leitura Inclusiva

O governo de Mato Grosso ainda inaugurou a revitalização de 60 km da MT-244 em Campo Verde, em parceria com a prefeitura, o asfalto de 30,87 km da MT-244 em Nova Brasilândia e uma ponte de 20 metros sobre o Rio Roncador, nessa mesma estrada, em parceria com a Associação Agrologística.

“Mato Grosso tem pressa e essa população aqui sofreu muito, com muitos anos transitando por estradas de chão. Tínhamos que retirar esses problemas do caminho. Esse governo faz muito pelo povo mato-grossense, esse povo que precisa do Estado e que lutou muito para que o asfalto chegasse”, afirmou o secretário de Infraestrutura, Marcelo de Oliveira.

Além de garantir uma ligação asfáltica para Nova Brasilândia e Planalto da Serra, a MT-140 será uma das principais rodovias de Mato Grosso. O Governo de Mato Grosso já está asfaltando o trecho entre Planalto da Serra e Boa Esperança do Norte, distrito de Sorriso, para criar um corredor paralelo a BR-163, ligando a região Norte até Rondonópolis.

O deputado federal Neri Geller destacou que essas obras ajudam a resolver muitos problemas enfrentados pelos produtores rurais. “Falar da MT-140 é falar de uma rodovia paralela a BR-163, é falar de integração. O diálogo tem que estar sempre a frente, para que o resultado possa realmente acontecer e chegar até a nossa população”, afirmou.

O senador Wellington Fagundes destacou que o Governo pretende chegar ao fim do ano com 2.500 km de asfalto novo. “Olha essa estrada, que vai interligar Sorriso, o Nortão, chegando em Rondonópolis. Significa salvar vidas, descongestionando as estradas”, disse.

Leia Também:  Governo de Mato Grosso lamenta falecimento do ex-deputado e ex-senador Luiz Soares

O produtor rural Eraí Maggi lembrou que, junto com a MT-140, está chegando a ferrovia, para também interligar Mato Grosso. “Não adianta só ferrovia e não adianta só estrada. Elas se completam. Isso vai baratear o frete e vai beneficiar todos, gerando mais renda, mais trabalho e emprego”, disse.

Já o deputado estadual Carlos Avalone, destacou a parceria do Governo com a Assembleia Legislativa, que aprovou leis que ajudaram o Estado a ter recursos para realizar importantes obras.

Durante evento realizado no Parque de Exposições de Planalto da Serra, o governador Mauro Mendes ainda assinou convênios para Nova Brasilândia. Foram destinados R$ 410 mil, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer, para a realização da Expobras e das atividades culturais do aniversário da cidade. Mauro Mendes ainda autorizou a Sinfra-MT a licitar o asfaltamento do contorno de Nova Brasilândia, obra com valor estimado em R$ 9,5 milhões.

Estiveram presentes no evento os senadores Wellington Fagundes e Fábio Garcia, o deputado federal Neri Geller, os deputados estaduais Nininho, Paulo Araújo, Pedro Satélite e Carlos Avalone, secretário-chefe da Casa Civil, Rogério Gallo, secretária de Comunicação, Laice Souza, secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, e os prefeitos de Planalto da Serra, Nova Brasilândia, Primavera do Leste, Campo Verde, Querência, Santa Rita do Trivelato, Chapada dos Guimarães, Poxoréu, Sapezal, Campos de Júlio, Paranatinga, Porto dos Gaúchos, Lucas do Rio Verde, Itanhangá, Ipiranga do Norte, Sinop, Diamantino, Nova Santa Helena, União do Sul e Campo Novo do Parecis, além de demais autoridades da região.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA